in , ,

Aceita um cafezinho?

O café e suas conexões.

Olá!
Meu nome é Simone de Paula, sou barista, empreendedora, apaixonada por café coado e minha vida gira em torno dele.

Já tem algum tempo que acompanho esse blog, em busca de dicas de onde comer um suculento hambúrguer… Hummm… Depois do café, uma das minhas paixões é hambúrguer com bastante cheddar e bacon!

Por esses dias, recebi um convite do Alex, administrador do Blog, para ser colunista e produzir conteúdo sobre café aqui, no Gastronominho.
Aceitei imediatamente!

Pois eu sempre quis ter um espaço para compartilhar experiências com cafés, cafeterias, métodos de preparo e fazendas.

Mas antes de abraçar essa aventura cafeinada, gostaria de me apresentar e contar um pouco das minhas origens.

Eu sempre gostei de café, desde criança.
Meu avô era mineiro, teve 11 filhos, perdeu 7, ficou viúvo duas vezes e sustentou sua família trabalhando em lavoura de café no Paraná. Depois que os filhos cresceram, ele se mudou para o interior de São Paulo.

Eu passava as minhas férias na casa dele, pois nós lá tínhamos espaço para aprontar todas e ele adorava aquela bagunça divertida, a típica casa de um avô mineiro.

Tenho memórias dele preparando café no coador de pano, a moda antiga.

A receita era bem simples, ele fervia a água com o açucar, desligava o fogo, acrescentava o pó de café e em seguida filtrava no pano.

A casinha do vô Zé Júlio, era muito simples, ficava na roça, na região da Mogiana em São Paulo e foi naquele quintal onde aprendi a fazer boneca de sabugo de milho, caçar minhoca e brincar na terra. Lugar onde passei momentos muito felizes da minha infância.

Me tornei adulta e continuei gostando de café coado.
Sou paulista, mas todo mundo me pergunta se sou mineira, pois herdei do meu avô a comunicação e prazer de convidar as pessoas pra tomar um café.

Me formei em educação, passei pelo teatro, pelo circo e por amor ao café, montei uma pequena fábrica de mini coadores de pano, com o intuito de proporcionar para as pessoas, uma experiência sensorial cheia de afetividade, através do ritual tradicional do café coado na hora.

Como fabricante de coadores de café, tive a preocupação e o cuidado de ensinar aos meus clientes como usar o método de forma adequada.
Fui em busca de capacitação, me formei como barista e iniciei uma pesquisa no universo de cafés especiais, do pé até chegar na xícara, ao lado de Keiko Sato, responsável pelo controle de qualidade do café do Santo Grão e instrutora do curso de barista.

Passei a visitar cafeterias, fazendas e viver em contato com produtores de café, com muita frequência.

Se você gosta de café, prepare um cafezinho, escolha um lugar confortável para se sentar, pois garanto que teremos muito assunto para conversar!

Me aguardem! Até o próximo cafezinho!
Abraços,
Simone de Paula

Escrito por Simone de Paula

Olá!
Meu nome é Simone de Paula, sou barista, empreendedora, apaixonada por café coado e minha vida gira em torno dele.

Comentários

Loading…

0