in , , , ,

Chocolatria: Empreendedorismo que dá certo!

Honey Comb

Quem não ama chocolate? Muito difícil alguém falar que não aprecia o verdadeiro chocolate, seja ele, ao leite, amargo, ruby e suas variações como chocolate branco, com amêndoas, com aroma e sabor de frutas (limão, laranja, entre outros).

Atualmente existe uma diversificação neste mercado tão alta, que a cada ano somos surpreendidos com produtos inovadores, feiras gastronômicas especializadas no assunto, tudo focado no cacau e suas derivações.

Antes de tudo, temos que explicar a sua origem. O chocolate é um alimento derivado da amêndoa fermentada e torrada do cacau. Consumido no mundo inteiro, é importante componente da indústria alimentícia, além de ter papel fundamental na economia de vários países. Sua árvore é o cacaueiro, planta típica de clima tropical, que encontra no Brasil um ambiente ideal para o seu cultivo, em especial nas regiões do Espírito Santo e o sul da Bahia, em Ilhéus. O Brasil é o maior produtor de chocolate da América Latina e um dos maiores do mundo ao lado da Costa do Marfim, Gana e Equador. Segundo cientistas, o lar original do cacau ficava nas florestas da região do rio Amazonas, ou na região do Orinoco, na Venezuela. Colombo teve a oportunidade de, durante sua quarta viagem à América, conhecer os grãos de cacau, mas não lhes deu atenção.

Os relatos dão conta de que os primeiros a consumir chocolate regularmente, por volta de 1500 a.C. foram os membros da civilização Olmeca, habitantes dos atuais México e Guatemala. Posteriormente, Maias e Astecas povos da mesma área, desenvolvem o costume de beber chocolate, produto considerado sagrado. As sementes eram torradas e misturadas a iguarias como por exemplo pimenta, uma base de milho fermentado e especiarias, resultando em um sabor bem diferente do que se conhece hoje. Nas cerimônias religiosas, o cacau torrado era servido com especiarias e mel.

É por meio do comércio realizado pelos conquistadores espanhóis que o chocolate chega à Europa, acabando por se difundir pelo mundo todo. No início, é considerado um alimento especial por seu valor nutricional e energético e somente mulheres, sacerdotes e nobres o consumiam em cultos da Igreja Católica. Por volta de 1700 as “Casas de Chocolate” começaram a competir com as “Casas de Café” em Londres. Com a Revolução Industrial, a invenção de diversas máquinas torna possível a produção em massa, além de fazer com que os produtos ficassem mais baratos. O mesmo acontece com a indústria do chocolate. Gradualmente, o cacau vai se popularizando e se diversificando com a adição de outros ingredientes. Em 1828 o fabricante holandês Conrad van Houtten descobriu um método de extrair a gordura dos grãos de cacau moídos, e transformá-la em manteiga de cacau. O hábito de comer chocolate em pedaços só se tornaria popular 20 anos depois em 1847, quando uma firma inglesa, Fry and Sons, começou a produzir chocolate doce em barras para comer (e não apenas chocolate em pó para beber), misturando o cacau moído com manteiga de cacau e açúcar. Na Suíça finalmente surge a mistura consagrada de chocolate, leite e açúcar, dando origem ao chocolate como conhecido atualmente.

Pois bem, estamos em 2020 e hoje o chocolate está na vida de todos os habitantes deste planeta e em suas diversas formas. Mas, o que remete ao título da nossa matéria? Esta pergunta merece apenas uma resposta: Simone Izume. Em seu site: www.chocolatria.com.br, ela conta um pouco de sua história, que começou desde a sua infância a sua jornada empreendedora, porém, em 2007 no intuito de deixar sua herança, memórias para sua primogênita, decidiu criar um blog, cujo nome é CHOCOLATRIA, tudo no intuito de dedicar receitas para confortá-la em qualquer momento de sua vida.

Bolo Trovão

E com o passar do tempo, depois muito esforço, o blog começou a ser notado e o número de inscritos começou a crescer, e após muitas receitas, diversos estudos e aplicações, surgiu o primeiro livro: “Loucuras de Chocolate”, diga-se de passagem temos aqui em casa este livro e, que é bem explicado. Mas aqui escrevemos de forma bem resumida a sua história, porque não pensem que até chegar ao ponto de escrever um livr, o foi tudo simples e maravilhoso, não é?!

Quando você estuda uma matéria, você precisa colocar em prática a teoria, correto?! Neste caso, Simone conseguiu desmistificar o mundo do chocolate, o que a indústria, as vezes, tenta florear algumas informações, ela, através de pesquisa e inúmeros testes, conseguiu aprender e criou praticamente uma metodologia artesanal sobre confeitaria, em especificidade, o chocolate. Posteriormente começou a ministrar aulas em um sobrado durante anos, se aperfeiçoando no assunto, atraindo pessoas querendo explorar seu conhecimento e divulgando o artesanal.

Em 2017 fora lançado o espaço do café, porém sabemos que até chegar neste ponto, muitos “nãos” foram ouvidos, muitas estratégias de cozinhar em casa foram planejadas, e imagine fazer bombons, barras de chocolates, trufas em um país tropical como o Brasil e, que a maioria não tem ar condicionado em casa para manter a temperatura ideal para se trabalhar. Mas foi ao meio de tantas dificuldades que nasceu a excelência do produto artesanal, ou seja, tudo feito a mão e com amor de quem um dia sonhou que podia transformar o simples em obras de arte comestíveis.

Eu, Fernando, que vos escrevo, não apenas como cliente/consumidor e aluno (sim, fiz cursos online da Simone, que a propósito são excepcionais), a excelência idealizada não apenas pela Simone, mas sua família, incluindo marido, cunhada, pais, demonstram que o resultado do produto depende exclusivamente do tamanho do seu sonho e amor pelo negócio.

Quando você visita o espaço da loja, antes da pandemia COVID-19, acredito que em breve vamos voltar ao normal, você irá identificar um espaço harmonioso, desenhado e executado com os mínimos detalhes em uma rua tranquila, mas que ao redor se mistura com as principais avenidas de São Paulo, posso falar que o espaço café e também onde são ministradas as aulas presenciais ficam localizadas na zona sul de São Paulo, bairro Campo Belo/ Brooklin Novo (depende muito do GPS).

Adentrando ao espaço, você se depara com uma decoração rústica e elegante cujo os objetos que decoram são os produtos que são vendidos, isto porque, eles são belos aos nossos olhos, como falar das embalagens, todas desenhadas com cores vivas, desde o pequeno adesivo para fechar o famoso pão de queijo como aqueles que cobrem as barras de chocolate.

São tantas opções para comer que posso destacar sim alguns produtos que valem apena degustar: O bolo Trovão, sucesso da casa, ideal para um café, o pão de queijo, não tenho nem como comentar algo sublime, e que foi melhorado com toque de pernil. O pão de abobrinha, super macio, bem temperado, e que satisfaz muito bem.

Os nossos astros são os chocolates nesta matéria, podemos mencionar também as diversas barras saborizadas, as trufas (tenho carinho especial pela trufa de churros), wafles, bombons, e um que conquistou meu coração o Honey Comb, uma mistura doce, salgado, amargo, tudo ao mesmo tempo, conseguindo extrair muito do meu paladar e nesta Páscoa, uma explosão de sabores, conceitos lindezas que saltam aos nossos olhos que merecem respeito e valem conferir anualmente.

Se existe, algo feito com excelência e algum lugar para se ter inspiração, é o Chocolatria. Além do espaço do café, você tem a opção de estudar com aulas presenciais com a própria Simone, contudo se não conseguir não tem problema, você pode comprar as aulas online, onde são ministradas detalhadamente, de forma que todos conseguem entender e que te encorajam a ser protagonista da sua história.

Ela inspira e te inspira, mesmo em tempos de confinamento, estratégias de delivery, e incentivos ao pequeno produtor são motivadas, e o como fazer, mostram um caminho de sucesso, como empreender, como pegar o material bruto e enobrecer e fazer valer apena cada centavo, cada tempo dispendido, este é o CHOCOLATRIA.

Vamos deixar o insta deles, e quem puder acessar, comprar algum produto, dar de presente a alguém, compartilhe esta matéria, um empreendedorismo que dá certo.

Fotos dos produtos que degustamos aqui em casa, neste tempo, via delivery.

Onde:

Instagram: @chocolatria_

Endereço: Rua Rita Joana de Sousa, 38 – Brooklin Novo, São Paulo – SP, 04601

Escrito por Fantastica Patisserie

Chefs Aline e Fernando, parceiros na vida e no business, apaixonados pelas doces e saborosas aventuras na Confeitaria e na Gastronomia.

Comentários

Deixe o seu comentário

Loading…

0