in ,

Linha Classic Styles da Dádiva ganha Dry Stout

Contando já com seis cervejas, a linha traz rótulos que retomam o simples e bem feito de clássicos cervejeiros

A Classic Styles, da Cervejaria Dádiva, linha de cervejas feitas com receitas tradicionais, simples e bem executadas, ganha neste mês uma nova integrante, a Dry Stout. Um dos estilos irlandeses mais clássicos, a Dry Stout é uma cerveja seca, com baixo teor alcoólico e alta drinkability. Com malte torrado em primeiro plano, ela remete a café tanto no aroma quanto no sabor. Não tem características de dulçor.

A harmonização histórica é com ostras. Vai bem também com embutidos e pratos apimentados.

A Dry Stout da linha Classic Styles da Dádiva tem 4,2% de teor alcoólico. Indica-se servi-la entre 4°C e 8°C. Assim como o restante da linha, ela vem em lata de 310ml. Está disponível em bares, empórios e sites que atendem todo o país.

Sobre a linha Classic Styles
Misturas de ingredientes em combinações inusitadas, ousadia nas receitas e técnicas complexas. Quem acompanha o estimulante universo da cerveja sabe que o céu é o limite e quanto os amantes da bebida estão sempre em uma busca incessante por inovações.

O clássico, porém, sempre será clássico e nunca abandonou a geladeira e os copos do cervejeiro que, entre uma novidade e outra, garimpa, também, receitas tradicionais bem executadas. Infelizmente, essa busca nem sempre é bem sucedida.

É comum, por exemplo, o mercado anunciar o lançamento de uma variação de Berliner Weisse com frutas. Mas, com que frequência encontramos nas prateleiras de bares e empórios especializados uma receita clássica do estilo, sem adjuntos?

Se você também sente falta de cervejas clássicas ocupando as prateleiras dos empórios especializados em cerveja, já pode contar com opções da cervejaria Dádiva, que lançou recentemente a linha Classic Styles, que já conta com cinco rótulos: as clássicas Irish Red Ale, Berliner Weisse, English Pale Ale, Altbier e a German Pils.

“Brincar com receitas e testar processos de produção é algo que todo cervejeiro quer (e deve) fazer. Mas produzir uma cerveja clássica de qualidade, destacando o melhor de cada estilo, também é desafiador. Temos, hoje, uma variedade grande de cervejas inusitadas no mercado. Nós mesmos produzimos diversas delas e é muito bacana. Mas, não podemos esquecer da qualidade das tradicionais e de como é bom encontrar uma cerveja tradicional, gostosa, leve e direta”, afirma Victor Marinho, sócio e mestre cervejeiro da Dádiva.

Outras cervejas que compõem a linha

Irish Red Ale
A Irish Red Ale da linha Classic Styles da cervejaria Dádiva tem 4,2% de teor alcoólico e coloração cobre/avermelhada. É uma cerveja equilibrada, com final seco e que traz, em primeiro plano, aromas e sabores da base de maltes que remetem a caramelo e sutil tosta. Lúpulos ingleses conferem a ela um leve toque terroso. Aconselha-se servi-la entre 5 e 7°C. Ela acompanha carnes vermelhas assadas e cogumelos salteados.

Berliner Weisse
A Berliner Weisse, como seria esperado, vem em receita sem fervura ou adjuntos. Uma cerveja rústica, de baixo teor alcóolico (3,4% ABV), coloração amarelo palha e levemente turva. Ela traz leve acidez e, ao final, percebe-se um toque cítrico e suavemente lático. Aconselha-se servi-la entre 4 a 8°C. Harmoniza com: saladas com molhos cítricos e sorbet de limão.

English Pale Ale
A Dádiva Classic Styles English Pale Ale tem aroma de notas levemente frutadas e o adocicado do malte. Essa cerveja de 5,4% de teor alcoólico tem um toque maltado no sabor, e um leve frutado no aroma. Como um bom clássico do estilo, o amargor dos lúpulos ingleses trazem notas terrosas à cerveja que tem um final seco e crisp. A cor âmbar e cristalina dá um belo toque final! Para produzir esta cerveja, of course, a Dádiva utilizou os lúpulos ingleses Challanger e East Kent Goldings que dão notas terrosas. Aconselha-se servi-la entre 5 a 7ºC. Harmoniza com: fish and chips, kebab de falafel ou de carne.

Altbier
Altbier é um estilo alemão, tradicional de Düsseldorf, que apresenta coloração acobreada e equilibra, no aroma e no sabor, o amargor dos lúpulos alemães (herbais e condimentados) com as características do malte, que remetem a grãos, biscoito e um toque de nozes. A Altbier da Dádiva possui 5,3% de teor alcoólico e harmoniza com einsbein, o tradicional joelho de porco alemão. Recomenda-se que seja servida entre 4ºC e 8ºC.

German Pils
Bastante leve e de coloração dourada, a versão alemã da Pils Tcheca tem corpo mais baixo, final crisp e um amargor mais acentuado. O lúpulo hersbrucker tem notas levemente frutadas e herbais, o que aumentam muito o drinkability e a torna bem refrescante. Ela possui 5,2% de teor alcoólico e combina muito bem com pretzel, pratos alemães como eisbein, mettwurst e brattwurst. Aconselha-se serví-la entre 4 a 8 °C.

Para saber mais sobre os rótulos da Dádiva, acesse: cervejariadadiva.com.br.

Cervejaria Dádiva
Site: Cervejaria Dádiva
Facebook: Cervejaria Dádiva
Instagram: @cervejariadadiva

Foto destaque: reprodução
Fonte: ÔNIXPress

Written by Jheine Rosa

Sommelier de cervejas, Publicitária, Produtora de eventos, Apreciadora de bons drinks, avessa à cebola e comidas de texturas questionáveis.

Comments

Deixe o seu comentário

Loading…

0