in

[Motivação] Conheça a Well Be

Atleta cria serviço de alimentação saudável e fatura até R$ 200 mil por mês
Luciana Rocha juntou suas duas paixões: o esporte e a alimentação saudável

Luciana Rocha criou a Well Be, na qual possui várias linhas de alimentação funcional (Foto: Divulgação)A paulistana Luciana Rocha, de 39 anos, é uma atleta nata. Desde criança, sempre se interessou pelos esportes e o bem-estar físico e mental proporcionado por eles. Ela chegou a praticar ginásticas olímpica e aeróbica até que, aos 18 anos, começou a dar aulas em academias.Luciana concorreu em diversos campeonatos de fisiculturismo até que, em 2001, parou de competir. A atleta continuou treinando e dando aulas em academias, mas ainda faltava algo. “Todo atleta tem um objetivo de vida, que é ganhar um campeonato. Tive que descobrir o que vinha depois disso”, afirma.A resposta veio no empreendedorismo: Luciana juntou suas duas paixões, esporte e alimentação saudável, e criou mais um desdobramento para sua carreira. Quando competia, sentiu na pele a necessidade de ter uma dieta regrada. Por isso, decidiu estudar sobre alimentação, para descobrir formas de ajudar ainda mais seus alunos nesse aspecto.Após parar de competir, Luciana resolveu abrir um negócio (Foto: Divulgação)A empreendedora começou a fazer experimentos em casa e, em 2002, passou a vender algumas refeições. Luciana se especializou em alimentação funcional, na qual os ingredientes são combinados para exercerem o máximo de seu potencial

O negócio ganhou o nome de Well Be e foi crescendo a partir do boca a boca. Foi assim que surgiu o convite para que, em 2005, Luciana fizesse o buffet para um grande evento. Esse passo também marcou a profissionalização da empresa: ela investiu R$ 140 mil, contratou funcionários, entre eles uma técnica de nutrição e uma chef, e alugou um espaço próprio para ser a sede da Well Be.A partir de sua rede de contatos, a empreendedora começou a prestar serviços em outros eventos, como maratonas e competições dos mais variados esportes. “Nessa época a alimentação natural não era popular como hoje”, afirma.

A Well Be também tem uma linha de refeições congeladas, cuja produção é terceirizada. E, ainda em 2015, a empresa de Luciana deve lançar dez máquinas automáticas com alimentos saudáveis em diversos pontos da cidade de São Paulo.Atualmente, a empreendedora fatura cerca de R$ 90 mil em um mês normal, com seis eventos por semana. Nos meses em que há eventos maiores, a empresa chega a faturar R$ 200 mil.Apesar do sucesso da Well Be, Luciana não deixou de dar aulas nas academias e de treinar diariamente. Ela diminuiu o ritmo – agora dá duas aulas durante as manhãs e levanta pesos por uma hora para relaxar -, mas continua se dedicando ao próprio bem-estar físico e mental. “O que eu criei com a Well Be não foi só uma marca, mas um modo de vida. Dou ferramentas para que as pessoas consigam viver bem”, diz.

Fonte : PEGN
Fotos : Divulgação

Written by Alex Minho

Um designer gráfico autônomo que é apaixonado por gastronomia e começou essa aventura através das hamburguerias, sempre visitando novos lugares e experimentando novos sabores. Em todos os lugares, estamos passando por uma experiência visual junto com a gastronômica.

Comments

Deixe o seu comentário

Loading…

0