in , ,

Sakê harmoniza com o que?

Vou contar algumas opções que tive por aqui e minhas impressões, como sempre tentando simplificar para vocês

Tentei basear as minhas experiências em diversas fontes, principalmente aquelas que saem um pouco fora da caixinha.

Tantos anos de experiência na área, vejo o quanto essa parte de gostos são bem pessoais dentro do que temos da nossa memória, tanto gustativa como olfativa.

Seguir as orientações de experts ajudam a conhecer mais sobre as comidas e bebidas, mas, não são obrigatórias também. O negócio é apreciar dentro do que cada experiência vai trazer para você naquele momento.

Hakuko Tokubetsu Junmai (esquerda) e Amanoto Junmai Daiginjo (direita)

No post anterior eu comentei um pouco sobre esses dois jizakes e as curiosidades também, principalmente algumas coisas em relação aos termos utilizados nas categorias.

Eu experimentei o Hakuko Tokubetsu Junmai e o Amanoto Junmai Daiginjo com alguns pratos, ao longo desses dias e fiz experiências com as temperaturas também (por enquanto, não testei aquecidas).

É interessante ver como eles se comportam com a mudança de temperatura, no caso do Hakuko achei mais intenso e aparecendo mais a acidez.

Queijos da Buritis : Parmesão / Provolone / Gouda / Emmenthal

O Hakuko me agradou com o queijo provolone e a massa com molho de tomates frescos onde a acidez dos dois casaram bem.

Para o Amanoto, eu curti a combinação com o Emmenthal, trazendo uma harmonia legal sem perder as características dos dois.

É interessante ver como algumas combinações ficam boas, mas, nada espetacular. Com os queijos é algo que foi bem valioso para mim.

Gastronominho e essa costela que postou? Pois é! Ela é um exemplo do que não funcionou para mim hahaha… A intensidade do molho barbecue e o tempero na costelinha, fizeram sumir o sabor dos dois sakês e sobrando apenas a potência do álcool na boca.

Curtindo essas experiências! Vale a pena conhecer os jizakes, vai mudar bastante a sua forma de olhar para essa bebida.

Vou falar bastante da Nishiki Sakê porquê são rótulos difíceis de encontrar por aqui, pode dar um “google” que você vai ver.

Em breve, mais curiosidades e experiências com essa belezinha.

Bora comer e beber!

Written by Alex Minho

Um designer gráfico autônomo que é apaixonado por gastronomia e começou essa aventura através das hamburguerias, sempre visitando novos lugares e experimentando novos sabores. Em todos os lugares, estamos passando por uma experiência visual junto com a gastronômica.

Comments

Deixe o seu comentário

Loading…

0