in ,

Receita: Petiscos com Bacalhau da Noruega – Parte 1

Confira esta semana as dicas e sugestões de preparo

Se tem uma coisa que faz a alegria nas reuniões familiares ou até no happy hour com os amigos, é o petisco. Eles são práticos, versáteis e você encontra uma infinidade de combinações.

Um ótimo exemplo é o bacalhau. E para provar isso, esta semana você confere aqui a série de receitas que o Bacalhau da Noruega preparou.

Mas antes, aqui vão algumas informações e dicas. Veja:

Tipos
– Os peixes salgados secos da Noruega, Saithe, Zarbo e Ling, da mesma família do Gadus morhua (Gadidae), são excelentes opções para preparar petiscos.
– Possuem baixo teor de gordura, são fonte de proteínas, cálcio, ferro e rico em ômega 3. Além disso, são livres de conservantes artificiais.

E como distinguir?
Saithe Salgado Seco – Pollachius virens: tem sabor mais forte e coloração menos clara. Quando cozido, a carne é macia e fácil de desfiar. Ideal para preparar bolinhos, saladas e ensopados.
Ling Salgado Seco – Molva molva: é o mais estreito entre os peixes tipo bacalhau. Tem carne branca e é ideal para pratos desfiados, assados, cozidos e grelhados.
Zarbo Salgado Seco – Brosme brosme: é o menor entre os cinco peixes tipo bacalhau. Mais roliço do que o Ling e tem barbatana dorsal contínua. Sua indicação é em pratos desfiados, caldos, pirões e bolinhos.

Tempo para dessalgar
Varia de acordo com a altura das postas e a peça escolhida. O ideal é a colocá-lo em recipiente com água fria e pedras de gelo. Levar à geladeira e usar duas partes de água para cada parte de bacalhau.

– Bacalhau desfiado: 6 horas. A troca de água é de três em três horas.
– Postas normais: 24 horas. A troca de água é de seis em seis horas.
– Postas grossas: 40 horas. A troca de água é de oito em oito horas.
– Postas muito grossas: 48 horas. A troca de água é de oito em oito horas.
– Lombos muito grossos: 72 horas. A troca a água é de oito em oito horas.

Armazenamento
– Se for o bacalhau na bandeja, retirar o filme plástico e colocar em vasilhame bem limpo, seco e com tampa.
– Deve ser mantido em local frio. Mas, se for bacalhau salgado e seco, deve ser mantido somente no refrigerador.
– Após ser dessalgado, pode ir ao freezer por até oito meses (observando sempre a data de validade). Basta pincelar com azeite para evitar o ressecamento.
– Nunca deve ser congelado ainda salgado.

Agora, vamos às receitas.

Empanada de Bacalhau
Tempo de preparo: 2 horas | Rendimento: 24 empanadas

Ingredientes:

Recheio
– 400g de Zarbo salgado seco da Noruega sem pele, após dessalgado.
– ¼ de xícara de chá de azeite de oliva.
– 1 alho poró picado.
– 1 pimenta dedo de moça sem sementes picada.
– 1 colher de sopa de cebolinha picada.

Massa
– 4 xícaras de chá de farinha de trigo.
– 1 colher de chá de sal.
– 5 colheres de sopa de manteiga.
– 1 xícara de chá de água.

Para pincelar
– 1 gema.
– 1 colher de chá de leite.
– 1 colher de sopa de açúcar cristal.

Modo de preparo:

Recheio
Colocar bastante água em uma panela e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar o Zarbo já sem pele. Deixar cozinhar em fogo brando por apenas 3 minutos.

Retirar com uma escumadeira e deixar escorrer bem. Com o Zarbo já mais frio retirar as espinhas e desfiar. Colocar em uma panela o azeite de oliva e o alho porró e refogar por uns 2 minutos.

Acrescentar o Zarbo desfiado e a pimenta dedo de moça. Manter no fogo por mais 1 minuto mexendo. Desligar o fogo e acrescentar a cebolinha picada.

Massa
Em uma tigela misturar a farinha de trigo e o sal. Colocar em uma panela em fogo baixo a água e a manteiga e esperar a manteiga derreter. Juntar os líquidos quentes aos poucos na tigela com os secos mexendo com uma espátula.

Quando possível mexer a massa com as mãos até desgrudar da mão. Sovar a massa em uma superfície limpa até que fique macia e homogênea. Cobrir a massa e deixar descansar por 30 minutos.

Montagem
Abrir a massa em uma espessura fina e cortar em círculos de cerca de 15 cm de diâmetro. Colocar cerca de 30g de recheio no centro. Fechar as empanadas apertando as laterais. Dobrar as bordas fazendo o desenho da empanada.

Colocar em uma assadeira untada com uma fina camada de manteiga. Misturar a gema com o leite e pincelar as empanadas. Salpicar o açúcar cristal por cima. Fazer 3 furos com um garfo para que solte o ar interno.

Levar ao forno preaquecido a 230º por cerca de 20 minutos ou até dourarem.


Pastel de Bacalhau
Tempo de preparo: 2 horas | Rendimento: 20 pastéis de tamanho médio

Ingredientes:

Recheio
– 400g de Zarbo salgado seco da Noruega sem pele, após dessalgado.
– ¼ de xícara de chá de azeite de oliva.
– 2 cebolas picadas.
– 1 xícara de chá de azeitona verde picada.
– 3 colheres de sopa de salsinha picada.

Massa
– 4 xícaras e 1/3 de farinha de trigo.
– 1 xícara de água morna.
– 2 colheres de sopa de óleo.
– 1 colher de chá de sal.
– 1 dose de cachaça.

Fritura
– Óleo vegetal de sua preferência (soja, canola, milho).

Modo de preparo:

Recheio
Colocar bastante água em uma panela e levar ao fogo alto, quando formar as primeiras bolinhas no fundo, abaixar o fogo e colocar o Zarbo já sem pele. Deixar cozinhar em fogo brando por apenas 3 minutos.

Retirar com uma escumadeira e deixar escorrer bem. Com o Zarbo já mais frio retirar as espinhas e desfiar. Colocar em uma panela o azeite de oliva e as cebolas picadas e refogar bem.

Acrescentar o Zarbo desfiado e as azeitonas e manter no fogo por mais 1 minuto mexendo. Desligar e acrescentar a salsinha picada.

Massa
Colocar em uma tigela a farinha de trigo e o sal e misturar um pouquinho. Em seguida, acrescentar a água morna, o óleo, o sal e a cachaça. Misturar bem com as mãos. Transferir para uma bancada limpa e enfarinhada e começar a sovar.

Sovar por uns 15 minutos até que fique bem homogênea. Transferir a massa para um saquinho de alimentos e deixe descansar por 30 minutos.

Montagem
Abrir a massa em superfície enfarinhada com um rolo, deixar a massa fina. Cortar os pastéis do tamanho de 10x15cm. Colocar cerca de 35g de recheio bem no centro da massa.

Passar um pouquinho de água nas laterais da massa. Fechar a massa retirando todo o ar interno. Apertar as laterais com um garfo. Fritar em óleo quente (cerca de 170º) até dourar dos dois lados.

Bacalhau da Noruega
Site: Bacalhau da Noruega
Facebook: 
BacalhauDaNoruega
Instagram: 
@BacalhauDaNoruegaBrasil

Foto destaque: reprodução
Fonte: FleishmanHillard

Escrito por Lueli Custódio

Infiltrada no mundo da Gastronomia. Fã de Psicologia, filmes, livros, séries e vinhos.

Comentários

Loading…

0